Modernismo Paulistano: Entre a Circunstância e o Eterno, curso gravado

Em seus 10 encontros gravados, totalizando 15 horas, o curso produziu uma reflexão crítica sobre a narrativa estabelecida a respeito do modernismo paulistano.

Modernismo Paulistano: Entre a Circunstância e o Eterno

  • 34 Alunos matriculados
  • 15 Horas de duração
  • 10 Aulas
  • 1 Módulos
  • 2 anos de suporte
Parcele em 3x R$ 95,00 (ou R$ 285,00 à vista)
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
É Curador e crítico de arte. Professor titular no curso de Artes Visuais da USP. Foi diretor da Pinacoteca de São Paulo e do MAC-USP
Tadeu Chiarelli

Em 10 encontros totalizando 15 hs de aulas, Tadeu Chiarelli, critico de arte, historiador e professor da Universidade de São Paulo, ex-diretor da Pinacoteca de SP e do MAC – USP, produziu uma reflexão crítica sobre a narrativa estabelecida a respeito do modernismo paulistano no campo das artes visuais, sublinhando um dado crucial e polêmico, porém até o momento pouco explorado: o fato de que a maior parte da produção modernista estava mais ligada às correntes conservadoras da arte internacional do período entre guerras, e não propriamente às vanguardas históricas.

O professor é membro do Conselho editorial de arte!brasileiros, plataforma de cultura contemporânea com mais de 12 anos de experiência e rigor editorial. 

Neste ano junto as comemorações do Centenário da Semana de Arte Moderna de São Paulo, este curso representa uma proposta de debate fundamental, apresentando casos, artistas e personagens chaves daquela época.  

2 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 2 anos após a matrícula.

Profissionais da área, professores e estudantes do ensino superior, historiadores, artistas, galeristas, advisors.

arte✱formação
"Programa de extensão cultural interdisciplinar de educação à distancia"


Tadeu Chiarelli
"É Curador e crítico de arte. Professor titular no curso de Artes Visuais da USP. Foi diretor da Pinacoteca de São Paulo e do MAC-USP"


Tadeu Chiarelli – Possui graduação em Educação Artística (1979), Mestrado (1989) e Doutorado (1996), pela Universidade de São Paulo. Prestou concurso para Livre-Docência, em 2005, e para Professor Titular, em 2010, também pela USP. Professor junto ao Departamento de Artes Plásticas, leciona na Graduação e Pós-Graduação. Orientador junto ao Programa de Pós- Graduação de Artes Visuais. Área de Concentração: Teoria, Ensino e Aprendizagem da Arte; Linha de Pesquisa: História, Crítica e Teoria da Arte. Atuação: História da Arte, Teoria da Arte, Crítica da Arte, Arte e Fotografia, Arte Brasileira Contemporânea. Entre 1996 e 2000 foi Curador-Chefe do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Entre agosto de 2007 e maio de 2010 foi Chefe do Departamento de Artes Plásticas. Coordena o Centro de Estudos Arte&Fotografia e o Grupo de Estudos em Crítica de Arte e Curadoria, ambos no Departamento de Artes Plásticas da ECA-USP. Tem livros publicados sobre Arte e Crítica de Arte no Brasil. Possui bolsa produtividade CNPq (Nível 2), desde 2009.


Conteúdo Programático

TADEU CHIARELLI É Curador e crítico de arte. É professor titular no curso de Artes Visuais da USP. Foi diretor da Pinacoteca de São Paulo e do Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC-USP). Também já atuou como curador-chefe do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP). Foto: Paulo D’Alessandro
  • 1. Aula 1 - A construção da narrativa ideal/ a crítica ao modernismo
  • 2. Aula 2 - As vanguardas e o Retorno à Ordem Internacional
  • 3. Aula 3 - O Retorno à Ordem na América Latina e no Brasil
  • 4. Aula 4 - Anita Malfatti como instrumento do modernismo
  • 5. Aula 5 - Victor Brecheret: entre a tradição e a modernidade
  • 6. Aula 6 - Di Cavalcanti: o tipo brasileiro como índice de modernidade
  • 7. Aula 7 - Segall, o Brasil e o brasileiro
  • 8. Aula 8 - A Caipirinha e o Francês: Tarsila do Amaral e Fernand Léger
  • 9. Aula 9 - Contraponto carioca I – Ismael Nery
  • 10. Aula 10 - Aula 10 – Contraponto carioca II – Murilo Mendes, Jorge de Lima e a fotomontagem
Voltar ao topo